Malandragem. Mesmo afastado, Aécio Neves escolhe conselho que irá julgá-lo


Quando você acha que já viu de tudo nessa vida, dá de cara com mais essa. O Mesmo Senador que ganhou direito na justiça de ter seu próprio nome coberto com uma tarja preta no caso de delações, o mesmo homem que ganhou o direito de não ser surpreendido pela Polícia Federal, agora, mesmo afastado do cargo escolhe a dedo os membros do Conselho que ficará responsável pela cassação do seu mandato pelo episódio da gravação em que aparece pedindo propina para Joesley Batista da JBS/FRIBOI.

Aécio Neves

Direto do Estadão

O senador afastado Aécio Neves participou das discussões para a montagem do Conselho de Ética do Senado, que vai deliberar sobre pedido do PSOL-Rede pela cassação do seu mandato. Tucanos foram escolhidos a dedo para ajudar a barrar o requerimento. Assim como fizeram outros partidos com quem tem interlocução. Em outra frente, senadores investigados já falam em arrependimento por respaldarem a prisão de Delcídio do Amaral. Avaliam que isso deixou o STF à vontade para tentar de novo, mas que a dose não vai se repetir com Aécio.

O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) disse que foi surpreendido com sua indicação para suplente no conselho. “Minha decisão será à luz dos fatos. Não importa se é meu pai, minha mãe. Se for um parente, pago a pena com ele”, avisa.

Siga a Coluna do Estadão:

Twitter: @colunadoestadao

Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Anúncios

Um comentário sobre “Malandragem. Mesmo afastado, Aécio Neves escolhe conselho que irá julgá-lo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s