Cada dia com Temer no Planalto representa um dia a menos para o Brasil, diz Bohn Gass


O deputado Bohn Gass (PT-RS) criticou duramente, em pronunciamento no plenário, o desmonte do Estado brasileiro promovido pelo presidente ilegítimo e golpista Michel Temer. “Mas até onde vai o projeto destruidor deste governo? Hoje, o que está na mira são os Correios, mas se isso não for barrado amanhã não teremos Brasil algum. Temer precisa sair já do Planalto. Cada dia dele lá é um dia a menos para o Brasil”, afirmou o petista.

De acordo com Bohn Gass, o pacotão de desmonte de Temer pretende fechar 250 agências dos Correios no país.

Bohn Gass

“O caso dos Correios é emblemático. Alegando prejuízo, a empresa fala em demitir até 25 mil pessoas. O governo não desmente isso. Então, se o governo não desmente, é isto mesmo que está sendo cogitado, a demissão de 25 mil trabalhadores dos Correios. Só no Rio Grande do Sul são 11 agências que serão fechadas. É o pior dos mundos num País cuja principal necessidade é exatamente contrária a isso, não é demitir, é gerar empregos para as pessoas”, ressaltou.

E o parlamentar petista afirma que a questão é ainda mais séria, pois o objetivo é o desmonte total do Estado com a privatização sem limites. “Vejam o que diz o jornal O Estadão: o departamento jurídico dos Correios foi acionado para verificar se há meios de driblar a estabilidade dos empregados.
Atenção! Muita atenção! Aqui pode estar o ovo da serpente. Se essa manobra vigorar, ela pode ser usada em qualquer outra estatal. A tática é sempre a mesma, desmonta o que é público e depois apresenta a ideia mágica: privatização”, denunciou.

Este governo golpista de Temer, acrescentou ainda o deputado Bohn Gass, “conforme disse gente do próprio PMDB, é comandado politicamente a partir da cadeia pelo senhor Eduardo Cunha. E, administrativamente, este é um governo que segue as ordens tucanas. E quais são as ordens tucanas? Venda-se o Brasil. Vocês se lembram? Eles venderam até o nosso subsolo liquidando a Vale do Rio Doce. E só não entregaram a Petrobras porque não houve tempo. Então, que lutemos contra esse entreguismo e essa privatização no governo Temer”, reiterou o petista.

Gizele Benitz

Agência Câmara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s